Revista Exame premia as melhores empresas do Brasil

23 de Agosto de 2019

Edição especial Melhores & Maiores circulará pelo 46º ano

A cerimônia de premiação do especial Melhores & Maiores 2019, da revista EXAME, será realizada no dia 26 de agosto, na Sala São Paulo. O evento, que terá início às 19h, será aberto pelo governador de São Paulo, João Doria. A plateia reunirá líderes das maiores empresas do país, autoridades e formadores de opinião.

Em sua 46ª edição, a premiação reconhecerá as melhores empresas em 20 setores da indústria, do comércio e de serviços, bem como a melhor do agronegócio — além, é claro, de homenagear a Empresa do Ano.

A edição especial de EXAME, que chegará às bancas em 29 de agosto, trará o ranking das 1000 maiores empresas do Brasil e dos 200 maiores grupos empresariais, as 400 maiores empresas do agronegócio, indicadores do desempenho das 500 maiores e uma análise dos principais setores produtivos, traçando, deste modo, um panorama amplo da evolução dos negócios e da economia do país.

Critérios

AS MAIORES — A edição especial das Melhores & Maiores de EXAME é feita com a avaliação de dados de mais de 3000 empresas, além dos maiores grupos privados do país. O conjunto compreende todas as demonstrações contábeis publicadas nos diários oficiais dos estados até maio de 2019, e também abrange as companhias limitadas que enviaram seus dados para análise da equipe e responderam questionários. Por fim, foram ainda consideradas empresas de porte significativo e bem conhecidas no mercado que preferem não divulgar seus números. Nesse caso, os analistas de Melhores &Maiores estimaram seu faturamento.

Os dados foram analisados pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras da Universidade de São Paulo (Fipecafi/USP). Para definir o ranking das 500 maiores empresas e mais uma lista complementar com outras 500, o critério de classificação utilizado é o de receita líquida de vendas (faturamento líquido), um indicador da contribuição da empresa para a sociedade em termos de produtos e serviços oferecidos no ano anterior. 

AS MELHORES — A escolha das melhores empresas do ano em 20 setores de indústria, comércio e serviços (atacado, autoindústria, bens de capital, bens de consumo, eletroeletrônico, energia, farmacêutico, indústria da construção, indústria digital, infraestrutura, mineração, papel e celulose, química e petroquímica, saúde, serviços, siderurgia e metalurgia, telecomunicações, têxteis, transporte, varejo) mais o agronegócio é orientada pelo sucesso que essas empresas obtiveram na condução de seus negócios e na disputa de mercado com as concorrentes no ano que passou, comparativamente ao exercício anterior. O critério para avaliar o sucesso é basicamente uma comparação dos resultados obtidos em termos de crescimento, rentabilidade, saúde financeira, participação de mercado e produtividade do empregado. A metodologia consiste em atribuir pontos pelo desempenho relativo em cada indicador.