Seis empresas representaram Santa Catarina em evento de tecnologia e inovação em Lisboa

12 de Novembro de 2019

A programação do evento contou com a apresentação de cerca de 2 mil startups

 

Um dos maiores eventos de tecnologia e inovação do mundo, o Web Summit, ocorreu de 4 a 7 de novembro, em Lisboa. A programação do evento contou com a apresentação de cerca de 2 mil startups e com os estandes de seis empresas catarinenses, de negócios recentes a empresas mais maduras. Mais de 3.000 brasileiros participaram do evento neste ano.

Conheça algumas das empresas catarinenses presentes no evento:

Reviewer

A Reviewer é uma solução completa para gestão de reviews, com foco na melhoria da reputação online de empresas. Com forte atuação no segmento de hotelaria, atrativos e destinos turísticos, a startup busca no Web Summit conhecer melhor o setor turístico de Portugal e, também, o contato com o Centro de Inovação do Turismo de Portugal (NEST) para investir em uma versão da plataforma específica para destinos turísticos. Iniciando seu processo de internacionalização ainda no começo do ano, em fevereiro, foi uma das selecionadas da Missão Vale do Silício, promovida pelo Startup SC, participando do SaaStr Annual 2019, maior evento de software como serviço do mundo. 

Coleção.Moda

O Coleção.Moda é uma plataforma online de Produc Life Management (PLM), focado na indústria da moda, que permite gerenciar todo o processo do ciclo de vida de qualquer produto. Organizando todo o fluxo de peças a serem produzidas por uma confecção, o sistema também usa Inteligência Artificial para fornecer indicações de tendências baseadas em dados da indústria da moda, melhorando a tomada de decisão das estilistas.  “A internacionalização do C.M tem sido muito discutida internamente pela frequência das demandas vindo de fora do país. Os problemas que solucionamos são encontrados em todas as confecções do mundo inteiro”, conta Renan Goulart Heizen, CTO e CFO da empresa. Tendo já usuários na Índia, a empresa visou no Web Summit encontrar com possíveis clientes que estarão no evento. Em Portugal, tiveram reuniões com players importantes do mercado da moda, como a Lectra e a aceleradora Lafayette, uma parceria entre Plug and Play e as galerias Lafayette.

Sizebay 

Outra startup que passou pela capacitação do Startup SC e esteve com estande é a Sizebay, de Joinville (SC). Com uma solução para e-commerces de moda, capaz de informar o tamanho adequado de cada peça para os clientes, a empresa atende clientes como Riachuelo e Nike e está há um ano presente com um escritório em Portugal. Mantendo pela segunda vez um estande no espaço da Beta-i, destinado à startups com nível diferente de faturamento, Janderson Araujo, cofundador e CEO,  vê o ecossistema português se projetando para ser um polo de inovação e tecnologia: “O berço da moda é a Europa. O país é extremamente receptivo aos negócios — tanto o governo quanto os empreendedores e investidores estão prestando atenção no Brasil e no potencial de empresas como a nossa.”

DOT digital group

O DOT digital group é uma das maiores empresas de EdTech do Brasil. Criada em 1996 pelo CEO Luiz Alberto Ferla, oferece desde o diagnóstico do problema até o desenvolvimento da solução e a captação e retenção dos alunos. Com atuação internacional, o grupo já capacitou mais de 8 milhões de pessoas em cursos desenvolvidos para o mercado corporativo e acadêmico. Seu processo de internacionalização começou no primeiro semestre deste ano, com a abertura de um escritório em Portugal viabilizada em parceria com o grupo português de capacitação corporativa presencial, Vantagem+. O DOT esteve presente com seu estande, junto ao Floripa Conecta, em todos os dias do Web Summit. Na quinta-feira (7), último dia do evento, a empresa fez a demonstração do "Pronto Learning", tendência na educação corporativa, que por meio de um aplicativo dissemina conteúdos curtos e pode ser acessado a qualquer hora, em qualquer lugar e de forma intuitiva. 

CodeNation

 A Codenation também esteve presente no Web Summit. A startup de Florianópolis (SC), fundada em 2017, visa suprir a mão de obra em tecnologia por meio da capacitação, que ocorre através de uma plataforma onde as pessoas têm acesso às aulas, desafios técnicos, projeto prático, conteúdos curados, ferramentas de revisão de código e mentoria. “Nosso objetivo foi o de adquirir conhecimentos que nos permitam elevar o nível das soluções oferecidas a quem utiliza a plataforma da Codenation — tanto desenvolvedoras e desenvolvedores, quanto clientes, além de fazer conexões. Fomos como ouvintes, conferindo painéis e workshops de negócios e tecnologia; como expositores, mostrando nossas soluções na exclusiva área de Growth; e como convidados do pré-evento, The Gathering, aberto apenas para convidados e focado na conexão de empresas e investidores”, comenta Eduardo Varela, CEO da startup catarinense. 

Cheesecake Labs

Empresa de design e desenvolvimento web & mobile, a Cheesecake Labs, de Florianópolis, estará presente no evento em um stand no dia 5 de novembro, onde lançou o FindHeli, um aplicativo de transporte por helicóptero. A plataforma, que já está disponível nas versões  iOS e Web, foi desenvolvida pela empresa catarinense e é pioneira na prestação deste serviço em território europeu, atuando com heliportos parceiros já cadastrados na Suíça, França, Inglaterra, Portugal, Grécia e Áustria. “Queremos ampliar a nossa atuação no mercado internacional, principalmente nos EUA. Estamos mais maduros e em expansão, com maior número de colaboradores e clientes mais consolidados no mercado”, explica o CEO Marcelo Gracietti. Criada em 2013, a empresa está entre as startups de alto crescimento, conhecidas como scale-ups. Com 60% dos clientes internacionais, em países como EUA e Reino Unido, a Cheesecake fechou 2018 com faturamento de quase R$ 10 milhões. Para 2019, a previsão é crescer 30%.