Programa do Sebrae/SC voltado para mulheres empreendedoras inicia nesta terça-feira

30 de Julho de 2019

380 empresárias e potenciais empresárias catarinenses participam de programa Sebrae Delas Mulher de Negócios

Foto: Divulgação

As mulheres selecionadas para o Circuito Empreendedorismo Feminino com Propósito do Sebrae Delas Mulher de Negócios iniciam nesta semana os encontros do programa, que visa fortalecer empreendimentos liderados por elas. Nos dias 30 e 31 de julho e 1º de agosto, as empreendedoras vão se reunir na sede do Sebrae/SC, no bairro João Paulo, para palestras e workshops de qualificação. No primeiro dia, a turma será composta por candidatas e potenciais empresárias, no segundo por microempreendedoras individuais e no terceiro por empresárias de micro empresas e empresas de pequeno porte. Os eventos acontecerão quinzenalmente até novembro de 2020.

No lançamento do programa, em evento realizado em 11 de julho na Associação Catarinense de Medicina, o diretor técnico do Sebrae/SC, Luciano Pinheiro, destacou que o Brasil está na 60ª posição do ranking de empreendedorismo feminino, de um total de 77 países, segundo GEDI 2015. “Pra nós do Sebrae é extremamente importante mudar esse cenário. As mulheres empreendedoras transformam a vida de suas famílias, transformam os espaços  em que estão inseridas e isso é fantástico para um país que já está atrasado no seu desenvolvimento”.

Para Iara Carboni Rocha, uma das selecionadas, o Sebrae Delas é a oportunidade de fazer parcerias e adquirir conhecimento para reestruturar sua loja virtual de moda feminina.  Desde 2015 com o negócio, ela conta que passou por altos e baixos por não ter uma organização definida. “Eu percebi que sem planejamento, sem metas não adianta que não vai pra frente. Você perde dinheiro e têm imprevistos porque não estava preparado”. Assim como Iara, a empreendedora Manoela Koerich Zanluchi teve dificuldades para entender a parte de planejamento e gestão de seu negócio. A academia voltada para crianças e adolescentes partiu da sua experiência como educadora física em escolas, em que percebeu a demanda desse público para atividades também fora do ambiente escolar. Com o Sebrae Delas, ela espera fortalecer, alavancar e até expandir sua empresa.

O programa é baseado em três pilares, “Meu, eu, nós”, que são voltados para despertar e fortalecer a cultura empreendedora das mulheres. “O NÓS abrange todo o universo da comunidade feminina. Serão abordados temas como: empreendedorismo e empoderamento feminino, equidade de gênero, sororidade e networking. O EU envolve as questões particulares enquanto indivíduo, na conciliação da vida profissional e pessoal. Os assuntos trabalhados se estenderão entre a gestão de tempo, potencial criativo, inteligência emocional, autoconhecimento, autoconfiança e liderança. Por fim, o MEU diz respeito a questões empresariais particulares do negócio de cada uma."